• Eterno Inconformado
  • Eterno Inconformado
  • 5 de abr de 2017

    #174 Sete tópicos que aprendi com os códigos do Eterno Inconformado

    Algo que sempre me intrigou desde quando eu comecei a gostar de informática foi o funcionamento de programas de computador. Eu já havia lido que todos eles eram “escritos”, porém eu não tinha a mínima ideia de como tudo aquilo que eu via em um monitor era “escrito”. Os menus, os botões, as funções... Só para você ter uma noção mais clara, tudo isso que você vê em computadores, tablets e smartphones é, literalmente, escrito com linhas e mais linhas: enviar um áudio através do Whats, o botão de curtir do Facebook, as camadas do Photoshop, a corrida infinita de Subway Surfers, enfim... tudo mesmo! Da aparência às funcionalidades, tudo é formado por um monte de linhas que irão dizer o que aquele aplicativo/site deve ou não fazer.

    Com o Eterno Inconformado não é diferente: cada coisinha que você aqui é resultado de alguma linha que foi escrita para que aquilo aparecesse e funcionasse exatamente da forma que você vê. É algo bem trabalhoso, mas muito divertido (pelo menos para mim, porque, lá no fundo, programação é coisa de maluco! xD) Nesse texto, você vai ler algumas lições que o Senhor me permitiu aprender enquanto fico remexendo o código-fonte aqui do blog. São lições com alguns termos técnicos de programação, mas que, de alguma forma, se correlacionam com fatos cotidianos. Vamos lá!

    código html comentado

    1. Pequenos detalhes, enorme diferença (Eclesiastes 10:1)
    Um sinal de pontuação que não foi colocado, aspas que não foram devidamente fechadas, uma letra fora do lugar: se alguma dessas coisas acontecerem, nada funciona. E não é questão de ortografia; é de interpretação mesmo! O computador só faz aquilo que você manda, e se você errou em algo, ele vai errar também. Já me ocorreu várias vezes de eu tentar entender o porquê de algo não funcionar como deveria e, quando me dei conta, não fechei aspas ou esqueci um simples ponto-e-vírgula. Com essa situação, posso aprender várias coisas:

    - Considere todos os detalhes. Cuidado com o que você julga como insignificante. O que você mais ignora pode ser essencial.

    - Geralmente, há uma explicação para tudo. Não se prenda ao “visto por último às...” nem às confirmações de leitura do Whats. Se a pessoa não respondeu tua mensagem, certamente foi por algum motivo. Se ela ainda não te ligou, também.

    - Analise situações como um todo. Não veja apenas o que te convém, não ouça apenas aquilo que você quer. Isso é muito útil em situações de imparcialidade e diversidade de opiniões. Procure se informar antes de sair opinando.

    2. Paciência Spider
    Fazer um aplicativo/site funcionar demanda dias e dias (às vezes, meses) de trabalho. E o principal não é fazê-lo funcionar e torná-lo público, mas, sim, melhorá-lo com o tempo. É por isso que são lançadas atualizações para os sistemas operacionais e aplicativos. Não é preciso pressa para lançar algo que apenas funcione. O importante é que ele não só funcione, mas funcione muito bem!

    - Tenha calma para resolver um problema. Quando esse problema não envolver apenas você, junte-se com a pessoa que também faz parte desse problema e procurem soluções com paciência. Esqueça o pragmatismo. Se for para fazer algo, faça o melhor, acima de tudo, para a glória de Deus.

    - Fazer manutenção constante no código de um aplicativo/site é essencial! Seja para adicionar funcionalidades ou excluir linhas inúteis. A maturidade e crescimento na vida nunca para! Há sempre algo a aprendermos. O projeto só será “finalizado” quando Cristo voltar para nos buscar e transformar aquilo que é corruptível em algo incorruptível!

    - No projeto de um software, há algo chamado modularização. Isso implica em dividir um trabalho em partes, logo, estabeleça etapas e concentre-se em algo de cada vez. Não tente fazer tudo de uma vez só, porque, do contrário, você pode não fazer coisa alguma. Isso nos leva ao próximo passo...

    3. Algoritmo: o modo de fazer
    Algoritmo é um termo bem recorrente na programação. Ele é, basicamente, um conjunto de instruções sobre o que o computador deve fazer. Ele tem início, meio e fim. Há vários algoritmos no Eterno Inconformado: o da caixa de pesquisa, o do alto contraste, dos marcadores e muito mais... Algoritmos nos dão a ideia de saber o que você está fazendo, para onde você está indo. Me lembra muito um trecho de uma música da banda DK6 que diz que “... pra quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve”. Você precisa saber quem é Jesus, conhecer a Verdade das Sagradas Escrituras e ter o propósito de ser fiel a Ele até o fim. Nosso alvo não está neste mundo, mas no reino que se encontra nas alturas! Mais ainda no Deus que está lá! \o/

    4. Mas, fulano não tem...
    Papai do céu sempre me embasou a não caminhar na linha do que a maioria faz. Sei que o Eterno Inconformado não é tãããããão grande como um monte de sites espalhados pela internet e, despretensiosamente, acesso alguma página bem conhecida e me deparo com algo que, na minha visão, poderia ser melhorado. É quando alguém pode pensar: mas o site A é um dos maiores sites e não tem isso que você quer fazer ou o site A é enorme e tal coisa está fora do lugar. Beleza! Agora fica a pergunta: é porque alguém com mais destaque erra que você também vai errar? É claro que não! Os erros dos superiores não devem ser copiados.

    5. Respire!
    Quando me exponho continuamente ao código-fonte do EI tentando resolver algum problema ou implementar alguma funcionalidade (o que, em boa parte dos casos, me consome vários dias) meu cérebro fica meio “bugado” e até sonho com o código! É sério! É bem bizarro, mas é verdade e isso não me faz bem. Quando isso acontece, dou uma pausa no projeto por quase uma semana e foco em outras coisas, seja em uma caminhada com os amigos ou algo que me distraia. Lição para nós: há coisas mais essenciais que ficar preso frente a uma tela, seja ela de computador ou celular. Há um mundo lá fora com coisas que precisam ser vividas e sentidas.

    6. O paralelismo antagônico entre o interno e o externo
    Basicamente, há três linguagens de programação principais no desenvolvimento do Eterno Inconformado: HTML, CSS e JavaScript (alguns blogs usam outras). Eu, particularmente, me encanto com as linhas de CSS pelo fato de elas serem, digamos, a parte visual do EI. A cor vermelha do menu principal, o rodapé da página, os botões de compartilhamento, a caixa de pesquisa, a página inicial e tudo mais que você vê aqui é escrito em CSS. Todavia, o CSS é apenas visual... em outras palavras, a nossa pele. Todo o funcionamento mesmo depende do JavaScript que gera os artigos relacionados que você vê aí no fim deste texto, que aumenta ou diminui a fonte se você clicar nos botões de A- e A+ no início desta publicação e ativa o alto contraste se você apertar Alt+5 em teu teclado. De nada adiantaria ter o CSS sem o JavaScript. O belo do lado de fora só tem sentido se o lado de dentro for funcional também, afinal, se não fosse assim, me diga qual a utilidade de clicar em um botão bem bonitinho que não faz nada?

    - Da mesma forma que o CSS sem o JavaScript não tem graça, assim há um monte de vidas vazias mundo afora. A aparência diz algo, mas o interno apenas Papai do céu conhece. A Bíblia diz, em Provérbios 15:13, que “o coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate.” A quem se sente assim, vazio ou, até mesmo, “funcional”, mas sem alegria de verdade, sem o brilho de uma vida verdadeira e feliz, você precisa encontrar-se com Jesus! Ela é a Verdade, o Caminho e a Vida; o resto é existência (conforme 1 Tessalonicenses 3:8).

    7. A graça!!!
    Por último e mais importante, algo que sempre me alegra enquanto preciso resolver alguma coisa aqui, não somente no código-fonte, mas muito também na redação dos textos, na publicação de postagens dos coleguinhas que Ele me deu para publicarem aqui, no FB e no Twitter (olha o cooperativismo também como lição!) é que Ele sempre me abençoa com Sua bondade e direcionamento. Desde o começo do blog, quando eu tinha pouca, ou quase nenhuma noção de programação, Ele sempre me direciona com Sua graça em tudo. Todo este projeto existe para glória dEle e eu sou totalmente grato a Ele pelas vidas que Ele traz aqui e fala aos corações de uma maneira que só Ele sabe e pode fazer! Porque Ele é bom e Seu imenso amor é eterno! <3 p="">

    Que Papai do céu te abençoe e te guarde! =]

    Texto impresso do blog Eterno Inconformado.

    Arrependa-se dos teus maus caminhos e creia no Evangelho de Cristo. Ele vive, reina e voltará. (Marcos 1:15)

    Mais textos de Edificação:

    Baiano, nascido em 1995 e fácil de ser caricaturado por ser barbudo e parecer um nerd (e apesar de não ser, se diverte com isso!). Não tem conta no FB e ainda não aprendeu a gostar do Whats. Além de gostar de psicologia e de coisas fora do comum, tem como hobbies escrever, fazer arte e mexer com códigos de programação. Depois de ser achado por Cristo, descobriu o sentido da palavra felicidade. Se encontrá-lo por aí, no mínimo, ouvirá que Deus é bom, muito bom! =]

    • Blogger
    • Disqus

    Seja o primeiro a comentar!

    Deixe teu comentário!

    Conte-nos algo sobre o texto! Será um prazer ouvir você! =]

    Topo